Sonho de ser paralisado – significado e simbolismo

Sonho de ser paralisado – Há noites de pesadelo e sonhos angustiantes que o deixam muito inquieto ao acordar.

Este é o caso de sonhar que você está paralisado, um sonho horrível que você precisa interpretar antes de esquecer, porque pode ser muito útil reconhecer sua situação.

Descubra em nosso dicionário dos sonhos o que significa sonhar que você está paralisado.

Sonhar que está paralisado – Significado

Talvez você queira correr porque alguém está te perseguindo, talvez você queira se mover para se defender ou pode até não ser um perigo, mas o fato é que você está paralisado e não consegue se mover.

Este sonho angustiante é muitas vezes acompanhado por não poder falar ou gritar e, em qualquer caso, é um pesadelo.

Mas pesadelos acontecem por alguma coisa e é para enfrentar seus medos. No significado desse sonho em que você está paralisado encontramos grandes doses de medo, mas também dúvidas, estresse, insegurança e ansiedade.

A interpretação dos sonhos é o trabalho maior de Sigmund Freud (1856-1939), que inaugurou a era da psicanálise e mudou para sempre a maneira como o ser humano percebe a si mesmo.


Que perspectiva sombria, certo? Nesta situação, é bastante difícil para você se mover.

É por isso que você está paralisado. Por medo do fracasso, por dúvidas antes de tomar uma decisão importante, porque o estresse o sobrecarrega, porque sua insegurança está vencendo a batalha ou porque a ansiedade domina sua vida.

O que você pode fazer? Não seria pior se você estivesse preso com correntes, porque você está paralisado dentro de si mesmo.

Não se desespere com essa interpretação negativa e, sobretudo, não desista. O pesadelo não é uma ameaça ou um perigo, é um convite à reação porque é apenas uma metáfora do sonho.

Agora você pode acordar e saber qual é o problema, com certeza você tem força suficiente para se mexer novamente.

Na maioria dos casos, quando sonhamos que estamos imóveis, não estamos nos divertindo.

Em geral, o significado de sonhar com imobilidade está relacionado a situações complexas ao nosso redor, há coisas que estão nos paralisando, não sabemos que direção tomar, ou alguém ou algo está nos influenciando para pior.

A seguir, são interpretações de sonhos com paralisia, imobilidade ou petrificação.

Quando em nosso sonho não podemos nos mover mesmo que tentemos, é porque temos grandes dúvidas sobre nosso futuro, não temos certeza se o que costumava nos deixar confortáveis ​​e felizes agora é o que realmente queremos.

Quando nos sonhos estamos imóveis contra a nossa vontade, ou seja, que alguém ou algo está nos impedindo de nos mover, é um aviso claro de que não devemos acreditar em tudo o que nos dizem, alguém está tentando nos impedir de fazer algo, pode ser por inveja ou vingança.

Quando sonhamos que não podemos mover as pernas ou as mãos, por exemplo, é uma mensagem de que estamos agindo sem pensar nas consequências, é um convite para parar no caminho antes de continuar.

Se em um sonho queremos fugir ou correr, mas não podemos, é um anúncio de que situações complicadas virão e por enquanto você não poderá evitá-lo, a melhor coisa que você pode fazer é ficar calmo e esperar pelo seu momento.

Se no sonho ficamos parados por vontade própria, é sinal de que devemos nos revelar, algumas injustiças são apresentadas porque não temos opinião e não damos nosso ponto de vista.

O que significa sonhar que está paralisado?

Tanto na vida real como nos sonhos, quando nos sentimos imóveis ou estagnados queremos sair o mais rápido possível, mas só com uma atitude positiva e de trabalho podemos avançar e continuar a nossa vida, como pessoas todos temos grandes capacidades que podemos explorar, nunca desistir.

O sonho de ficar paralisado é um prenúncio de eventos negativos, como a chegada de pessoas desagradáveis ​​em sua vida.

Há quem diga que é o reflexo do desejo de voltar ao passado, de viver a vida em constante melancolia ou nostalgia. É certamente um prenúncio da chegada de um período difícil.

Sonho de ser paralisado – simbolismo

Sonhar que está paralisado ou imobilizado é um sonho muito recorrente ligado a um determinado período da vida que você está passando.

A incapacidade de se mover ou gritar quando você realmente quer escapar pode causar pesadelos ou episódios alucinatórios chamados alucinações hipnagógicas ou hipnopômpicas, ou seja, visões particulares que você tem ao adormecer ou acordar.

Sonhar que está paralisado geralmente reflete uma situação desconfortável na vida real, como a incapacidade de lidar com determinadas situações, preguiça ou até mesmo não querer enfrentá-las.

Também pode ser um autocontrole excessivo que resulta em frustração por não ter reagido como você realmente gostaria.

Na realidade, este não é um sonho real, pois no caso da paralisia do sono você certamente estará acordado e há a sensação de poder tocar e ver o que está ao seu redor, mas com a incapacidade de interagir de alguma forma.

Durante esta fase do sonho, as visões são particularmente vívidas e reais, mas na maioria das vezes são misturadas com alucinações de criaturas aterrorizantes que se infiltram no quarto e se sentam mais precisamente no corpo do sonhador, impedindo-o de se mover ou falar.

As figuras que a mente cria durante este sonho não são definidas. Na verdade, é difícil reconhecer rostos ou feições, mas você tem a sensação de que são monstruosos, quase demoníacos.

Isso cria um estado de puro terror no qual você mal consegue respirar. Um observador externo durante esta fase só perceberia uma respiração um pouco mais difícil e talvez alguns gemidos.

Paralisia do sono isolada que ocorre esporadicamente e não está ligada a nenhum tipo de patologia. Paralisia do sono isolada recorrente que, embora não relacionada a patologias, é recorrente e causa insônia e dificuldade de concentração durante os períodos de vigília.

A paralisia noturna geralmente dura alguns segundos ou minutos, caso durem mais ou se repitam várias vezes ao longo de uma noite, podem criar no sonhador o medo de adormecer novamente, para criar uma espécie de loop onde o cansaço acentua as crises.

O sono do paralítico pode ser explicado cientificamente pela falta de sincronização entre o final da fase REM e o início de um novo ciclo de sono.

Praticamente a mente acorda na fase REM antes do corpo. Nesse caso, os músculos ficam completamente paralisados ​​enquanto o cérebro trabalha a toda velocidade. Esse tipo de sono, de fato, ocorre com mais frequência ao acordar ou adormecer.

No folclore popular, sonhar em ficar paralisado era a concretização de demônios ou espíritos que tentavam o sonhador, geralmente falamos de pesadelos, súcubos, bruxas ou goblins.

Os judeus, no entanto, atribuíam esses sonhos a Lilith, os babilônios a Lilith, e enquanto na Idade Média falava-se de Lamia.

Nos Estados Unidos, os sonhos de paralisia são chamados de Síndrome do Velho Han (Síndrome da Velha Bruxa), enquanto no Sudeste Asiático falamos de Tsong Tsuam, um espírito maligno que visita sua vítima durante o sono sentado em seu peito e evitando o que uma respiração e muitas vezes sufocante isto. Um povo vietnamita, o Hmong, experimentou esses sonhos quase epidêmicos de paralisia durante os quais algumas pessoas foram encontradas mortas.

O sonho de ficar paralisado é um prenúncio de eventos negativos, como a chegada de pessoas desagradáveis ​​em sua vida.

Há quem diga que é o reflexo do desejo de voltar ao passado, de viver a vida em constante melancolia ou nostalgia. É certamente um prenúncio da chegada de um período difícil.

Você pode imaginar acordar durante a noite e sentir que está paralisado? Seu corpo está completamente imóvel, você sente uma pressão no peito e, o pior de tudo: você experimenta uma ameaça iminente, como se alguém estivesse perseguindo… Parece um filme de terror, mas não é, porque a paralisia do sono é, sem dúvida, um dos as parassonias mais comuns.

Mais da metade da população experimentará pelo menos uma vez na vida, sem que isso represente nenhum grande problema.

No entanto, entre 0,3% e 4% das pessoas sofrem desse fenômeno de forma recorrente.

A paralisia do sono é uma parassonia associada ao sono REM. Geralmente ocorre em momentos de transição entre o sono e a vigília, como antes de adormecer ou apenas ao acordar. O que acontece, em termos simples, é que a mente desperta, mas o corpo não.

Comumente, durante o sono REM, a maioria dos músculos do corpo fica paralisada, para evitar lesões.

Quando ocorre essa parassônia, a mente desperta, mas o corpo continua paralisado como se ainda estivéssemos dormindo. A pessoa tem todos os seus sentidos alertas: é capaz de ver, ouvir e sentir; mas não pode se mover.

Durante esse período, é comum que a pessoa experimente alucinações hipnagógicas ou hipnopômpicas e experiências sensoriais vívidas.

Geralmente, as pessoas que sofrem com isso relatam ter uma sensação clara de ameaça e a ideia de que alguém está por perto. A sensação de asfixia ou pressão no peito também é frequente.

Embora não dure mais do que alguns minutos, todos os itens acima tornam a paralisia do sono uma experiência aterrorizante e angustiante. O indivíduo vive isso com um grande sentimento de vulnerabilidade, ansiedade e medo.

Como apontamos no início, o fenômeno da paralisia do sono é bastante comum. Ocorre frequentemente em pessoas saudáveis ​​isoladas.

No entanto, existem alguns fatores de risco que aumentam sua aparência.

Hábitos de sono irregulares: pessoas com turnos rotativos, que acumulam privação de sono ou que dormem irregularmente. Essa situação gera uma má regulação do ritmo vigília-sono e torna mais provável a ocorrência de um estado misto.

Nesse caso, elementos da fase REM podem aparecer em situações inadequadas.

Estresse emocional: a presença dessa parassonia é muito mais frequente em períodos de alta tensão.

O estresse está relacionado ao aparecimento de pesadelos vívidos que muitas vezes acordam a pessoa de forma abrupta e parcial. Isso aumenta muito o risco de paralisia do sono.

Narcolepsia: pacientes que sofrem deste distúrbio crônico do sono são mais propensos a sofrer de paralisia

Em primeiro lugar, todas as doenças que possam estar relacionadas com a origem da paralisia devem ser tratadas.

Desta forma, o tratamento para apnéia, narcolepsia ou qualquer outro distúrbio relacionado terá que ser fornecido.

Em seguida, é de vital importância cuidar da quantidade e qualidade do sono. Temos que dormir as horas necessárias e ter uma higiene de sono adequada.

Ou seja, é aconselhável realizar exercícios físicos diários, evitar substâncias estimulantes e, sobretudo, aderir a horários regulares de sono.

Por outro lado, é essencial fornecer informações à pessoa que sofre dessa parassonia, para que ela possa normalizar seus sintomas.

Explicar que as estranhas sensações corporais que ele percebe são típicas da fase REM pode tranquilizá-los.

Interpretar a experiência do ponto de vista da lógica ajuda a reduzir a sensação de ameaça.

Conclusão

Por fim, a melhor orientação é tentar manter a calma e lembrar que o episódio dura apenas alguns minutos e vai acabar.

Se você tem treinamento em técnicas de relaxamento, elas podem ser muito úteis durante os episódios.

O relaxamento ajuda você a voltar a dormir ou até mesmo transformar os sentimentos de paralisia em positivos.

Você também pode tentar concentrar sua atenção na tentativa de mover uma pequena parte do seu corpo, por exemplo, os dedos.

Isso tornará mais fácil para você “acordar” seu corpo e diminuir a duração do episódio de paralisia.

 

Classifique este post
[Total: 1 Average: 5]

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
x